LaMarcus Aldridge não jogará mais pelo Spurs

Pouco antes do início da partida entre San Antonio Spurs e Dallas Mavericks dessa noite, a franquia preta e prata anunciou que LaMarcus Aldridge seria uma ausência e a motivação foi que ele “não está com o time”. Perguntado sobre isso em coletiva de imprensa poucos minutos depois, Greg Popovich noticiou que o Spurs e Aldridge decidiram em conjunto buscar oportunidades para o Ala-Pivô em outro lugar.

“[Aldridge] não estará com o time daqui para frente. Ele tem sido um ótimo companheiro de equipe, não houve nenhum problema nesse sentido, a gente só acha que essa é a melhor escolha tanto para LaMarcus quanto para a franquia,.”

Popovich sobre a decisão pela saída de Aldridge na entrevista pré-jogo

O que acontece agora?

Diante da decisão de seguir caminhos diferentes, há dois caminhos naturais: troca ou buyout, esse segundo geralmente utilizado quando não é encontrada uma troca viável.

Segundo Woj, um dos repórteres insiders mais respeitados de toda a NBA, talvez já na próxima semana o Spurs encontre uma troca para LA, de modo que um buyout parece bastante improvável.

Quanto a qual troca deve acontecer, ainda é cedo para saber até mesmo as franquias que têm interesse no camisa 12. O que sabemos é que o valor dele não é mais o mesmo que já foi, e que, portanto, não deve nos trazer tanto em retorno.

Espaços abertos

Assim, sai da rotação regular do Spurs um jogador que, em 21 partidas na temporada, teve média de 25.9 minutos por jogo, o 5º maior tempo de quadra no elenco, atrás apenas de DeRozan (33.8), Murray (31.0), Keldon (29.1) e Lonnie (27.3), além de um jogador que vinha arremessando 11.8 vezes por partida, a 3ª maior marca da equipe.

NAMEPPGRPGAPGBPGFG%3P%3PAFT%MIN
L. Aldridge13.74.51.70.946.436.03.683.825.9


Abre-se para outros jogadores, então, tanto espaço na rotação quanto oportunidades de arremesso. E como Aldridge vinha jogando mais na posição 5 (pivô), as vezes na 4 (ala-pivô), os jogadores que mais se beneficiam dessa saída são Jakob Poeltl, Rudy Gay e Trey Lyles, seguidos até mesmo de Keldon Johnson, Devin Vassell e, quem sabe, Luka Samanic, todos eles jogadores que demonstraram merecer ou precisam de mais espaço na temporada. Murray, White e DeRozan, por sua vez, devem tornar-se peças ainda mais centrais do ataque.

A tendência já era essa, afinal, LA perdeu 8 dos últimos 11 jogos do Spurs, dos quais vencemos 6 e perdemos apenas 2. Além disso, Poeltl assumiu a titularidade no garrafão e viu três vezes All Star pelo Spurs ser transferido para a segunda unidade pela primeira vez desde que chegou a San Antonio.

De fato, essa foi a melhor opção para o San Antonio Spurs, cuja gerência agiu corretamente em afastá-lo e buscar uma troca. E se foi uma decisão boa para Aldridge também, ótimo! Que ele consiga ir para onde quiser a fim de reiniciar uma nova fase em sua carreira.

Enquanto isso, nos resta fingir costume e começar – ou continuar – a especular trocas possíveis.

Um comentário em “Aldridge não jogará mais pelo Spurs. O que acontece agora?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s