O San Antonio Spurs terá a 12ª escolha de um dos Drafts mais interessantes dos últimos anos na NBA. Com tantas intrigas e prospectos badalados, a noite de 29/07 – uma quinta-feira – promete ser bem surpreendente.

Dito isso, é um grande desafio elaborar uma previsão de escolhas em um ano como este. Espere muitos erros e este redator com cara de trouxa em poucas semanas, mas de toda forma vamos tentar. A seguir, 5 dos principais prospectos para o Spurs escolher na 12ª escolha do próximo Draft:

  • Corey Kispert
  • Franz Wagner
  • Moses Moody
  • Alperen Sengün
  • Kai Jones

Corey Kispert

Corey Kispert, de Gonzaga – Imagem: Michael Conroy

Iniciaremos falando sobre um dos melhores atiradores disponíveis no Draft deste ano. 

O sênior de 2,01m de altura, 100 kg e 22 anos teve um ano incrível, pois chegou perto de se tornar membro do clube 50/40/90. E para quem não sabe o que isso significa, ele chegou perto de acertar 50% dos tiros de quadra, 40% de três e 90% de lance livre.

Em Gonzaga durante toda a temporada, foi possível darem uma boa olhada em Kispert e ele não só não desapontou, como se destacou em momentos importantes da equipe ao longo da temporada. Aqui estão suas estatísticas em 22 jogos:

Estatísticas 2020/21:

  • 18.6 PPG, 5.0 RPG, 1.8 APG;
  • 52.9 FG%, 44.0 3P%, 87.8 FT%, 64.4 eFG%.

Kispert é um chutador mortal e pode ser também muito bom arremessando do perímetro até mesmo em movimento ou marcado. Ele foi um pouco afobado no começo em Gonzaga, mas não foi tanto essa temporada. Seus arremessos vêm sendo comparado aos de Cam Johnson e Duncan Robinson, e sua presença no perímetro vem atraindo as defesas a ponto de espaçar bem a quadra para seus companheiros.

Sua habilidade de infiltrar melhorou desde que ele colocou os pés em Gonzaga e agora ele é uma ameaça legítima. É também um finalizador decente no aro, que usa sua capacidade atlética para chegar lá, usa bem pick and roll, e demonstrou capacidade de tomar decisões rápidas em toda a quadra.

Um aspecto que Kispert precisará trabalhar bastante em seu jogo será a defesa. Já é muito melhor do que foi na temporada de calouro, mas aindaprecisa se tornar um pouco mais forte e mais rápido quando chegar à NBA. Apesar disso, ele aparenta ser um defensor inteligente e é bom sem a bola, então os Spurs não perderiam nada. Ele precisaria de ajuda em situações de 1 contra 1, mas é um defensor aceitável.

Ele está provavelmente entre os 15 melhores prospectos e pode sobrar para o Spurs, apesar de que pode acabar sendo escolhido apenas fora da loteria. Ainda assim, ele é definitivamente um prospecto para ficar de olho, pois teve muitos dados interessantes nesta temporada.

Comparações: Bojan Bogdanovic, Joe Harris, Gary Trent Jr.


Franz Wagner

Franz Wagner – Imagem: origem desconhecida

O San Antonio Spurs terá várias alternativas nesse Draft, e uma boa opção, se disponível, é o ala alemão de 19 anos que jogou pelo Michigan Wolverines, Franz Wagner – sobre quem Miguel Mendonça também já falou aqui no Portal . O jogador de 2,05m e 100 kg voltou a Michigan para ganhar algum peso e trabalhar em seu jogo, e é seguro dizer que valeu a pena.

Embora Wagner não tenha melhorado drasticamente algumas de suas estatísticas, ele se tornou um pontuador e jogador mais eficiente. Seu PER aumentou, assim como sua nota ofensiva, enquanto diminuiu sua nota defensiva.

Estatísticas 2020/21:

  • 12.5 PPG, 6.5 RPG, 3.0 APG, 1.3 SPG, 1.0 BPG, 1.3 TOV;
  • 47.7 FG%, 34.3 3P%, 83.5 FT%, 54.4 eFG%.

Michigan melhorou esse ano também graças a Wagner. Ele intensificou seu jogo, reduziu seus já baixos números de turnover e melhorou significativamente seu jogo. Isso fez com que o número de assistências fosse muito maior.

A temporada passada mostrou que Wagner teve que fazer alguns avanços importantes na defesa, o que ocorreu. Ele não desiste mais de caras que passam por ele em infiltrações e isso o levou a dobrar sua média de tocos na última temporada. Agora, pode proteger duas ou três posições em um nível sólido, mas provavelmente acabará protegendo qualquer uma das posições de alas maiores no nível profissional.

Wagner terá que se tornar um chutador de três pontos melhor e mais consistente na NBA, mas seus números e mecânica sugerem que certamente é possível.

Ele jogou como SG (ala-armador) e em ambas as posições de alas maiores (SF e PF) para os Wolverines, então tem alguma possibilidade de ser um jogador versátil. Para chegar ao aro e receber mais faltas como um PF, ele terá que se tornar um cara mais forte, mas deve estar bem assim que começar a fazer isso.

Resta saber onde exatamente Wagner pode terminar no draft, mas ele pode ir tão alto quanto a metade da loteria ou baixo quanto o final da primeira rodada.

Comparações: Nicolas Batum, Kyle Anderson, Nemanja Bjelica.


Moses Moody

Moses Moody – Imagem: origem desconhecida

O calouro do Arkansas teve um ano incrível e mostrou porque deve ser uma escolha de loteria. Com 1,98m de altura, 93kg e 19 anos, Moses Moody tem disparado nas simulações de Draft desde o início da temporada universitária.

Seu chute é sua maior habilidade e foi um grande catalisador de como os Razorbacks chegaram à Elite Eight antes de perder para o eventual campeão Baylor. Embora não tenha sido eficiente nesta temporada, Moody ainda mostrou que pode chutar de forma consistente e ser um arremessador de três mortal.

Estatísticas 2020/21:

  • 16.8 PPG, 5.8 RPG,1.6 APG, 1.0 SPG, 0.7 BPG;
  • 42.7 FG%, 35.8 3P%, 81.2 FT%, 50.3 eFG%.

Moody não é um prospecto 3-and-D típico, pois é mais versátil no que é capaz de fazer e não tão eficiente nos arremessos. Não é um arremessador certeiro, mas pode criar seu próprio arremesso e pode pegar muitos rebotes para sua posição. O garoto de 19 anos também pode ser um bom defensor sem a bola e teve algumas oportunidades de lidar com isso como o SG principal enquanto estave no Arkansas. 

Um fator importante para Moody foi ele crescendo em seu corpo e ficando mais forte. Se ele continuar com essa tendência, será capaz de defender alas maiores e também disparar contra uma variedade maior de defensores. No Spurs, ele pode ajudar a espaçar a quadra, considerando que é uma das maiores necessidades da franquia agora e que Moody é uma ameaça para arremessar de todos os lugares, como mencionado anteriormente.

Embora Moody seja um ótimo arremessador, ele tem problemas para se libertar da marcação, apesar de seu comprimento. Ele geralmente consegue chutar por cima de seus defensores, mas poderia ser melhor em criar o espaço para não ter seu chute contestado. Também não é terrivelmente explosivo ou um atleta excepcional, então ele deve ter problemas para criar seu próprio arremesso na NBA.

Para mim, Moody é uma escolha imperdível após a 10ª posição.

Comparações: Mikal Bridges, OG Anunoby, Robert Covington.


Alperen Sengün

Alperen Sengün pelo Besiktas – Imagem: DepoPhotos

Sengün seria uma seleção acertada do Spurs. Ele ainda está cru, é um prospecto internacional, tem QI de basquete elevado e possui um talento óbvio que só precisa de tempero. Com seus 2,08m e 109kg, os Spurs são o lugar perfeito para ele se desenvolver, graças à sua equipe técnica veterana e a uma quadra de defesa repleta de jovens jogadores que se complementam.

O garoto turco fez uma grande temporada no basquetebol turco, de modo que saiu de fora previsões para o Draft para então o segundo round, depois o primeiro e agora está cotado para a loteria. Apenas aos 19 anos de idade, Sengün foi o MVP da Turkish Super League jogando em sua primeira temporada como profissional pelo Besiktas, com média de quase 20 pontos e 10 rebotes por jogo.

Temos aqui um central “das antigas“, com um conjunto de habilidades de garrafão e muito talento, com boa habilidade para atacar em post up e em pick n rolls, embora precise melhorar seu alcance e sua defesa.

Sengün é um dançarino no garrafão, pois tem um trabalho de pés inacreditável, não predetermina seus movimentos e pode finalizar com toneladas de contato usando qualquer uma das mãos em ângulos difíceis. Ele vive na linha de lance livre.

É ainda um excelente passador, com a vantagem para o Spurs de ser um pivô ofensivo, ao contrário de Jakob Poetl. Tem também excelente rebote e potencial defensivo no um contra um se sua capacidade atlética melhorar na NBA. Tem fluidez, mas precisa melhorar sua técnica, e sua agilidade e espírito são outros pontos positivos importantes ao projetá-lo para o futuro, à medida que continua a aprimorar seus fundamentos e disciplina.

Por fim, pode ser dito também que Sengün possui um potencial de chute inexplorado, afinal ele arremessou mais de 80% da linha de lance livre em sua única temporada como profissional.

Estatísticas 2020/21:

  • 19.2 PPG, 9.4 RPG, 2.5 APG, 1.7 BPG, 1.3 SPG, 2.3 TOV;
  • 64.6 FG%, 0.7 3PA, 19.0 3P%, 81,2 FT%, 65.3 eFG%, 70.8 TS%.

Alpere Sengün não é um arremessador agora, mas tem potencial se mudar sua mecânica. Por outro lado, também é visto como baixo para um central clássico, o que pode ser um desafio para trabalhar contra grandes jogadores da posição.

Qual é a sua posição defensiva? Seus pés lentos e a falta de verticalidade e comprimento o impedem de marcar bem, o que significa que ele precisará aprender a ser um defensor posicional.

Comparações: Enes Kanter, Nikola Vucevic, Damontas Sabonis.

Kai Jones

Kai Jones pelo Texas Longhorns – Imagem: origem desconhecida

O grande segundo anistia do Texas, Kai Jones, é minha grande aposta e admiração.

O garoto que vem do Texas Longhorns tem 20 anos, nasceu na Bahamas, mede 2.11m, pesa 98kg e joga principalmente como ala-pivô.

Ele saiu do banco em grande parte da temporada universitária, mas seus minutos aumentaram em relação ao ano passado. Foi incumbido de fazer mais no ataque e recompensou o técnico Shaka Smart com um jogo firme e uma boa tomada de decisões. Essas foram as estatísticas de Jones em sua segunda temporada no basquete universitário:

Estatísticas 2020/21:

  • 8.8 PPG, 4.8 RPG, 0.9 BPG
  • 58.0 FG%, 38.2 3P%, 68.9 FT%, 62.6 eFG%.

Para desbloquear seu potencial de proteção do aro, ele precisará ganhar massa e ir para a academia. No entanto, ele tem o comprimento que você gostaria de ver em um homem grande, sendo que ele ainda se move muito bem, como alguns alas no perímetro.

O que os fãs do Spurs vão gostar mais é que ele gosta de finalizar forte com uma enterrada quando possível. Em transição, em cortes pelo meio e em rebotes ofensivos, Jones tenta enterrar com uma tenacidade de se admirar. O incrível atleticismo é o seu ponto forte.

Jones nem sempre é cotado para loteria, mas dado sua capacidade atlética e seus flashes de habilidade já mostrados, ele tem tudo para ser uma escolha alta.

Comparações: JaVale McGee, Jaxson Hayes, Christian Wood.


Outros nomes que valem a pesquisa são Usman Garuba, Josh Giddey e Keon Johnson.

Confira também o texto de Miguel Mendonça, que há alguns meses sugeriu 5 prospectos para o Spurs ficar de olho.

Go Spurs Go!

Um comentário em “Opções na pick 12 do Draft para o Spurs

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s